domingo, 19 de setembro de 2010

Bolhas de sabão




Longe estão
Nossos tempos de criança!
Tempo de brincar de pique-esconde,
Queimada ou rodinha
E no fundo do quintal
Fazer comidinha!
São nossas preciosas lembranças...
Brincar de boneca,
Bolinha de gude,
Jogar peteca,
Correr na chuva,
Se esconder embaixo da cama
E pisar em poça d'água!
Longe estão
Esses tempos,
Lindos e esquecidos,
Folhas esmaecidas,
Nas gavetas do tempo,
Carregadas de emoção...
Que vemos hoje
Como através de um véu,
Como se perdem no céu
Nossas bolhas de sabão.

Letícia Thompson

2 comentários:

poesias maria do carmo disse...

bons tempos de criança hem minha amiga,pena que não votam mais.Só nos esta viver a vida e sonhar como nos tempos de criança.Bom fim de semana,abraços.

Ana Lu disse...

Ah, como é bom ser criança... E eu brinco disso até hoje. Rsrsrs!