domingo, 18 de novembro de 2012

Te guardo

Bem queria que entrasse em meu coração. Talvez sentisse a paz que que deixa nele... Saberia da simplicidade de um sentimento que só pode acontecer quando existe sintonia sincera... Entenderia que toda incerteza da vida só perdura até quando descobrimos que é possível morar em um coração... Aprenderias o quanto é gratificante se deixar amar sem esperar que o amor recebido será o mesmo, que amar por amar é raro... Que saber velar o carinho de alguém no peito é privilégio, dádiva... E quando temos esse regalo, temos por obrigação protegê-lo... Por isso te guardo aqui... Dentro de mim!... (Cida Luz)

2 comentários:

Bruna Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruna Santos disse...

que lindo. adorei. parabéns!