quinta-feira, 28 de julho de 2011



Vem aqui…
Deita no meu colo e deixa eu te fazer carinho.
Deixa eu te fazer esquecer do mundo lá fora.
Eu começo mexendo no teu cabelo e depois vou
alisando seu rosto.
Pode dormir se quiser, eu vou ficar aqui te olhando.
Vou te proteger de tudo.
Encosta a pontinha do seu nariz no meu.
Fecha os olhos.
Eu posso sentir seu coração.
Seu sorriso é diferente.
Ei, fica. Eu não tenho pressa;não tenho nada.
Só uma vontade de você, daquelas que não passa.

(Isabela Faé)

Esse poema eu dedico ao meu amor Fernando César
Te amo FE

2 comentários:

DOCE E AMARGA ILUSÃO disse...

COM QUERIA QUE ESSE POEMA TORNASSE REALIDADE PARA MIM, QUE SAUDADE QUE NÃO ACABA
BJS M,J LOREDO

Andréa Alvares disse...

Querida amiga, espere no Senhor, tudo tem seu tempo e momento.
Seu amor estar por vir, todos nós somos feitos para o Amor, só termos paciência, que quando menos vc espera ele acontece.
Não deixe que o passado te assombre, mostre para vida que vc é guerreira, uma mulher de fibra.
Ti bju querida em seu coração.
Agradeço por vir sempre aqui me ler.