sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Janelas da Alma




Gosto dos seus olhos de outono
São janelas sem cortinas
Varandas da alma
Cenário dos meus sonhos ...
Onde sempre encontro
palavras em forma de emoções.

Ely Palo

2 comentários:

Chris... ჱܓ disse...

Lindo poema..
Curtinho, mas muito rico em sentimentos...
Adorei!

Tenha um lindo domingo e uma semana cheia de paz e alegrias.
Beijos no coração!

poesias maria do carmo disse...

oi boa tarde,tudo bem com vc? parabéns,lindo,bjos.